Por que não devemos dar açúcar para bebês


por que nao devemos dar doce para bebes - Por que não devemos dar açúcar para bebês

Açúcar é um vício, doces são um vício. Eu tenho um sério problema com isso, e muita sorte por não ter tido qualquer problema com diabetes, inclusive na gravidez. Hoje em dia, amamentando e trabalhando em casa, reduzi bastante a quantidade de açúcar, já que saindo pouco de casa fica mais difícil ter acesso a tentações.

Alimentação saudável é um assunto que sempre entra em pauta aqui em casa, já que logo chegará a época de o meu bebê experimentar comidinhas. Quero que vícios alimentares fiquem longe dele, e para isso preciso dar o exemplo, e uma coisa que muita gente não sabe é que o açúcar é contraindicado para crianças menores de dois anos.

Eu sei, açúcar para muitos é sinônimo de infância. Sim, às vezes até pediatras dão pirulitos à bebês, na intenção de acalmá-los (afinal, pediatras não são especialistas em nutrição). Sim, provavelmente a sua mãe espera seu filho com um monte de doces em casa. Mas esse consenso geral de que doces são coisas de criança precisa mudar, gente. E a melhor maneira de mudar isso é NÃO viciar os bebês de agora em açúcar, pois é isso que acaba acontecendo.

A sobremesa de todo mundo deveria ser frutas. O açúcar das frutas faz bem, não é aquele açúcar refinado cheio de porcarias que a gente consome no pudim. Uma bala não tem valor nutricional nenhum, só um monte de corantes, conservantes, e claro, o açúcar. Bolacha maisena também tem açúcar – prefira dar uma maçã para o seu filho roer. Refrigerante na mamadeira é um crime, é como colocar drogas na mamadeira do seu filho. Por favor, não façam isso.

Achocolatados e engrossantes no leite são desnecessários e só vão fazer com que a criança perca o interesse no leite normal. Bolos industrializados são uma bomba perto do sanduichinho natural que você pode fazer em casa. Salgadinhos e bolachas recheadas não são coisas de se colocar na lancheira. Aí vocês vão dizer: “ah, mas meu filho quer Trakinas de lanche, igual aos amiguinhos”. Bem, eu espero que a maioria de vocês já tenha percebido que ser mãe e pai não é ser legal o tempo todo, que dizer “nãos” e contrariar seu filho às vezes é fundamental para educar e criar bons hábitos, principalmente no que se refere à saúde dele.

teste 1 - Por que não devemos dar açúcar para bebês

Às vezes, colocar na cabeça de avós e tios que sua criança NÃO VAI comer açúcar antes dos dois anos é um desafio pra lá de cansativo. Você vai ver muita cara torta, muitas reviradas de olho, vai ouvir muitos “você comia e não morreu”, vai ouvir muitos “só um pouquinho não faz mal”, vai ouvir muitos “coitadinho, deixa ele provar”, vai ser chamada de chata, de xiita, e vai brigar muito para que não dêem contra a sua vontade (sim, porque as pessoas tem dessas). Mas a briga pela saúde do seu filho é uma briga que vale a pena. Não desista.

Está nas suas mãos transformar esse bebê rechonchudo em uma criança saudável, que leve isso para a idade adulta e para toda a vida.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *