Diário da introdução alimentar: 2ª semana


diario da introducao alimentar 2 semana 1024x683 - Diário da introdução alimentar: 2ª semana

Após os primeiros dias comendo 1 frutinha pela manhã, as comidinhas finalmente entraram em cena, também uma vez por dia, por enquanto. Para não ficar muito grande, pretendo usar esses diários para contar apenas nossas experiências pessoais. Farei um artigo separado falando um pouco mais do preparo e armazenamento das comidinhas do Bernardo, e mostrarei também o cardápio que montei para ele.

Dia 8 – 13/06 (quinta-feira)

Lanche da manhã: meia maça fugi raspadinha

Almoço: Chuchu cozidinho no vapor, macarrão cabelo de anjo e feijão amassadinhos. Não usei sal nos alimentos, apenas alho e cebola refogados com óleo de soja no momento do preparo, e mais umas gotinhas de limão por cima de tudo, na hora de servir. Falei as mesmas palavras que falei antes de dar as frutinhas: “filho, é uma coisa nova e vai fazer bem pra sua saúde. Vamos experimentar, se você não gostar não precisa comer, a gente vai tentando aos poucos.” Sei lá se ele entende (rsrsrs), mas a sensação de deixá-lo a vontade me deixa mais segura. A careta após a primeira colherada foi hilária e logo ele estava colocando as mãos no pratinho, mas ele comeu surpreendentemente bem para a primeira vez, meio pratinho! Ele realmente pareceu gostar. Até colocava alguma coisa fora, mas mastigou e engoliu bem e até “pedia mais”, após as colheradas. Fiquei muito feliz com esse primeiro almocinho dele. O curioso é que ele começou a sentir muito sono no final da refeição, e chegou a cochilar na cadeira. Tive que limpá-lo dormindo.

Água: 40ml

Cocô: Não fez.

Dia 9 – 14/06 (sexta-feira)

Lanche da manhã: meia banana catarina

Almoço: Chuchu, macarrãozinho e feijão. Esse segundo dia foi meio tenso, por motivos de… sono! Bernardo acordou meio cedo e lanchou e mamou normal. Mas por conta do sono, quando arrumei a mesa para almoçarmos, ele estava estressadíssimo.

Quando comecei a dar a comida ele se interessou e deu algumas colheradas, mas simplesmente pegou no sono e pendeu a cabeça para a frente. Para não deixá-lo nessa posição, tentei tirar do cadeirão e colocá-lo no carrinho, mas ele acordou no processo e ficou mais bravo ainda, chorou demais! Resultado: só se acalmou no peito, e tive que almoçar sentada no sofá, enquanto ele mamava e em seguida tirava um cochilo reparador.

Mas a treta ainda não acabou: o cochilo durou no máximo 15 minutos, e quando ele acordou, com um humor bem melhor, coloquei no cadeirão de novo, ofereci o almoço, e… ele comeu! E comeu bem, várias colheradas. Assim como no primeiro dia de papá, ele comeu cerca de meio pratinho de 320ml, quantidade excelente para o início.

Água: mais ou menos 30 ml, por mais culpa do nosso dia atribulado do que dele.

Cocô: Com a trancada no intestino que a maça deu ontem, o primeiro cocô de comida veio hoje, mais ou menos umas 11:00. Cocô “bonito”, amarelo forte, pastoso, com gruminhos e casquinhas de feijão XD.

Dia 10 – 15/06 (sábado)

Lanche da manhã: meia maça fuji

Almoço: Chuchu, arroz, caldo de feijão e ovo cozido. Percebi que não deixei o arroz molinho o suficiente, e ele parece não ter gostado nada da comida. Até comeu algumas colheradas, mas logo chorou e pediu mamá. Insisti um pouco e ele comeu, mas quando começou colocar pra fora e fazer ânsia de vômito, interrompi o processo e dei o mamá pra ele.

Água: 40 ml.

Cocô: um perto das 18:00, em bastante quantidade e parecido com o de sexta. Fiquei feliz por ele não ter ficado com o intestino preso, apesar de ter comido maça.

Dia 11- 16/06 (domingo)

Lanche da manhã: meia banana catarina

Almoço: Chuchu, arroz, caldo de feijão e ovo cozido. Fomos almoçar na minha sogra, mas levei a comidinha dele pronta, e ele comeu no colo do papai. Achei que ele rejeitaria tanto quanto no outro dia, mas surpreendentemente ele comeu bem, dessa vez, mais de meio prato! A prova viva de que não se deve desistir na primeira tentativa, quando se trata de alimentar bebês. Após o almoço, ele ainda mamou e tirou um bom cochilo, na cama da avó XD.

Água: 40 ml

Cocô: não fez.

Dia 12 – 17/06 (segunda-feira)

Lanche da manhã: o dia iniciou com meia tangerina, e ele amou! Inicialmente cortei apenas dois gomos, bem picadinhos, tirei as sementes e dei a ele de colher. Ele até colocou pra fora alguns pedaços que estavam mais difíceis de mastigar, mas gostou tanto que bebeu o caldinho e ainda pediu mais! No total, ele comeu meia tangerina.

Almoço: Omelete feito na Air Fryer, arroz, macarrão cabelo de anjo, alface e um susto. Como alface era a única coisa nesse prato que ele não tinha comido ainda, iniciei por ele (piquei em pedaços bem pequenos). Ele não gostou muito, colocou os primeiros para fora da boca, não demorou muito a se convencer e chegou a comer uns dois ou três pedaços. E então começou a esfregar o rosto com as mãos e chorar, e logo notei uma reação alérgica com vermelhidão e bolinhas. Interrompi a refeição imediatamente (pretendo fazer um artigo só sobre isso).

Água:40 ML.

Cocô: 1 em pequena quantidade por volta das 18:00, mais 1 em pequena quantidade lá pelas 22:00.

Dia 13 – 18/06 (terça-feira)

Lanche da manhã: meia tangerina.

Almoço: exatamente a mesma do dia anterior, porém sem o alface. Fazendo isso, confirmei que foi o alface o causador da alergia do dia anterior, pois dessa vez ele comeu sem qualquer reação. Mas como havia mamado muito no período da manhã, comeu em pouca quantidade.

Água: 40 ml.

Cocô: 1 por volta das 21:30, em bastante quantidade. Pela primeira vez, notei o cheiro mais forte no cocô dele. Ele também teve muita flatulência ao longo do dia.

Dia 14 – 19/06 (quarta-feira)

Design sem nome - Diário da introdução alimentar: 2ª semana

Lanche da manhã: meia laranja, picada da mesma maneira que a bergamota. Comecei a dar o caldinho e aos poucos os pedaços e, mesmo fazendo caretas, ele estava comendo. Até que deu uma engasgada e vomitou. Passado o sustinho, ofereci mais uns goles de caldo, mas ele tomou duas colheradas e não quis mais.

Almoço. Arroz, repolho refogado e ovo cozido. Ele gostou do repolho, comeu bem, apesar da baguncinha.

Água: 45 ml.

Cocô: Um, lá pelas 15:00, em boa quantidade.

Leia também: Como Iniciar a Introdução Alimentar


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *